PESQUISE MÚSICAS, REPERTÓRIOS E FORMAÇÕES

Carregando...

31º Domingo do Tempo Comum - Ano C - 30/10/2016

Procissão de entrada
Dia de celebração
Ítalo Villar

Aclamação ao Evangelho
Buscai primeiro o Reino de Deus

Preparação das ofertas
Teu sou
Davidson Silva

Comunhão
Venho, Senhor
Vida Reluz

Envio
Jesus não desiste de mim
Eliana Ribeiro

30º Domingo do Tempo Comum - Ano C - 23/10/2016

Procissão de entrada
Igreja reunida
Min. Amor e Adoração

Aclamação ao Evangelho
Buscai primeiro o Reino de Deus

Preparação das ofertas
Teu sou
Davidson Silva

Comunhão
Um só corpo
Comunidade Shalom

Envio
Eu sei (Justo Juiz)
Celina Borges

Formação

Música e Liturgia
Por Renan Alvarenga

A música desempenha um papel importante na Liturgia da Santa Missa. O Catecismo da Igreja Católica afirma que “o canto sacro, ligado às palavras, é parte necessária ou integrante da liturgia solene” (CIC, 1156). E reforça: “o canto e a música desempenham sua função de sinais (...) por ‘estarem intimamente ligados à ação litúrgica’” (CIC, 1157).

A Palavra de Deus, desde os tempos antigos, recomenda o louvor a Deus por meio da música. Muitas dessas recomendações estão contidas no livro dos Salmos, que é inteiro composto de cantos espirituais. Não por menos, existe a indicação litúrgica de que a proclamação dos salmos nas celebrações se dê preferencialmente na forma cantada, justamente por que esses textos nasceram como canções espirituais, ou seja, são originalmente composições musicais.


Salmo 32, 2-3: “Celebrai o Senhor com a cítara, entoai-lhe hinos na harpa de dez cordas. Cantai-lhe um cântico novo, acompanhado de instrumentos de música”.
Salmo 46, 7-8: “Cantai à glória de Deus, cantai; cantai à glória de nosso rei, cantai. Porque Deus é o rei do universo, entoai-lhe, pois, um hino!”.
Salmo 48, 5: “Ouvirei, atento, as sentenças inspiradas por Deus; depois, ao som da lira, explicarei meu oráculo”.

Ao ministro de música, como liturgo em conjunto com o ministro ordenado (padre) e todos os demais fiéis (CIC, 1144), cabe servir à liturgia com simplicidade, imbuído do espírito de adoração e louvor a Deus. Sua missão consiste em auxiliar a assembleia em sua imersão na ação litúrgica por meio do canto. A esse respeito, o Catecismo afirma: “Também os ajudantes, os leitores, os comentaristas e os membros do coral desempenham um verdadeiro ministério litúrgico” (CIC, 1143).

Que a Santíssima Mãe Maria seja para nós um exemplo de louvor e serviço a Deus e aos irmãos, ela que entoou mui dignamente o seu Magnificat com os lábios e com a vida. Assim seja.

29º Domingo do Tempo Comum - Ano C - 16/10/2016

http://1.bp.blogspot.com/-nbe7LXoyUlg/VGfRM4RP70I/AAAAAAAArXY/hcgcdZblXeU/s1600/Justi%C3%A7a.gif

Procissão de entrada
Dia de celebração
Ítalo Villar

Aclamação ao Evangelho
Buscai primeiro o Reino de Deus

Preparação das ofertas
És o sentido
Suely Façanha

Comunhão
Te entregas a mim
Vida Reluz

Envio
Revestido pela fé
Adriana Arydes

28º Domingo do Tempo Comum - Ano C - 9/10/2016

http://blog.cancaonova.com/diarioespiritual/files/2015/02/Dez-leprosos.jpg

Procissão de entrada
Igreja reunida
Ministério Amor e Adoração

Aclamação ao Evangelho
Tua Palavra
Comunidade Shalom

Preparação das ofertas
Tudo se transformará
Jake Trevisan e Walmir Alencar

Comunhão
Sempre te darei graças

Envio
Revestido pela fé
Adriana Arydes

27º Domingo do Tempo Comum - Ano C - 2/10/2016


Procissão de entrada
Tempo de celebrar
Aclamação ao Evangelho
Luz para o meu caminho
Min. Amor e Adoração

Preparação das ofertas
Nessa prece (Mãos abertas)

Comunhão
Como és lindo
Vida Reluz

Envio
Eu sei (Justo Juiz)
Celina Borges